Ir para o conteúdo principal

Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017
http://marcoadvogado.com.br/images/mab_123_11.jpg

Assédio moral de jogadores do Inter contra historiadora do clube



Não dar bola”...

O Sport Club Internacional de Porto Alegre indenizará uma historiadora, que foi vítima de assédio moral praticado por jogadores das categorias de base do clube. A cifra é modesta: R$ 5 mil. O TST rejeitou o recurso do clube contra a condenação imposta pelo TRT gaúcho.

A historiadora trabalhou no museu do clube durante três anos e pediu demissão por considerar “insustentável” o tratamento que recebia dos jogadores das categorias de base.

Eles constantemente se referiam a ela como “gostosa”, “cheirosa”, “linda”. E por aí...

Em juízo, ela afirmou que comunicou o fato à sua superior hierárquica, que teria dito para “não dar bola”, e que nada poderia fazer, pois os atletas de base “tinham muito prestígio com a direção do clube”. (Proc. nº 0021089-40.2014.5.04.0006).

Rezem os dois!

As delações de oito executivos da OAS – que chegaram ao STF na sexta passada – têm chumbo grosso e quente contra Lula e Aécio.

Segundo vaticínio da “rádio-corredor” da OAB de Brasília, os dois vão ficar “de joelhos no ringue jurídico”.

Rei na vida real

Está decidido um dos dois embriões do filme a ser rodado sobre a vida de Roberto Carlos: a admissão, pelo artista, da amputação de parte de sua perna direita, aos seis anos de idade, no Espírito Santo.

Outro componente também está definido: o filme terá sutis cenas de sexo.

Os grandes assaltos

Na lista dos dez maiores assaltos da história, em todo o mundo, o Brasil infelizmente tem destaque. Até agosto detínhamos apenas o 2º lugar, com os US$ 76,8 milhões levados do Banco Central em Fortaleza, em 2005.

Mas a descoberta feita pela Polícia Federal no “bunker” de Geddel Vieira Lima aumentou, a partir de 5 de setembro, a presença brasileira no rol dos inglórios: a fortuna achada na “gruta do Ali Baba baiano”, em Salvador (BA), equivalente a US$ 16 milhões, está no 7º lugar no ranking global.

Imbatível há 30 anos, o maior roubo da história ocorreu em Londres, em 12 de julho de 1987: dois homens (que não eram políticos...) entraram num depósito de dinheiro com a desculpa de alugar um cofre. Ninguém reparou que eles estavam armados com pistolas, com o que ficou fácil dominar o gerente e os seguranças, levando US$ 112,9 milhões.

Para evitar incômodos durante o assalto, os larápios penduraram placas: “Depósito fechado temporariamente”.

Pelas impressões digitais, a polícia chegou ao cabeça do crime: o italiano Valerio Viccei. Após quatro anos preso, Viccei foi transferido para a Itália, onde cumpriu prisão em regime semiaberto até sua morte, em 2000.


Comentários

Vilson Roberto Schott - Aposentado 19.09.17 | 10:39:13
Imaginem o Brasil com 103 partidos politicos; assim ja é uma baderna , já não chega a confusão que está. Se isto acontecer será o reino da corrupção.
Banner publicitário

Mais artigos do autor

Natal generoso para várias dezenas de magistrados gaúchos

•TJRS está pagando novas “diferenças residuais da transição da URV”, cuja conta já custou ao Estado mais de R$ 1,4 bilhão.
• Decisão da Justiça de SC mantém o pagamento do imposto sindical.
• Universitários (as) e estagiários (as) cuidem-se! Entre eles, 12% nunca usam, nem exigem, a camisinha.
• Dois desembargadores do TRT-RS habilitados à vaga de ministro do TST.

Março ou abril: as datas em que Lula poderá ser condenado ou absolvido pelo TRF-4

• Voto pronto já saiu do gabinete de Gebran Neto e agora está, criptografado, no notebook de Leandro Paulsen.
• Lembram daquela história do “usufruto financeiro” de Eduardo Cunha? Vai custar a ele R$ 3,8 milhões de multa.
• O silêncio domina, dez meses e meio de depois da morte de Teori Zawascki.
• Mudança na jurisprudência da ação de cobrança de quotas condominiais.

Mais cuidados ao prestar fiança!

• Decisão do STJ estabelece que “fiadores de contrato de locação são solidariamente responsáveis pelos débitos locativos, ainda que não tenham anuído com o aditivo contratual que previa a prorrogação do contrato”.
• O castigo judicial contra advogado que ameaçou matar ex-namorada.
• Brasil: “pátria das tornozeleiras”.
• O dedo-duro do zagueiro da Ponte Preta...

Um grande lobby para tentar liberar os cigarros eletrônicos no Brasil

• A Souza Cruz tenta convencer a Anvisa e a opinião pública de que os E-cigarettes não causam mal à saúde. Mas...
• Agentes do propinoduto só esperam a chegada de Papai Noel para poderem sair por aí...
• Os US$ 59 milhões anuais que fizeram Luciano Huck desistir de concorrer à Presidência da República.

As pedaladas do Inter foram de R$ 29 milhões, mas podem chegar a 80

• As “rádios-corredores” revelam que o levantamento ainda não conseguiu esquadrinhar os gastos com o futebol vermelho.
• Hoje pode ser o dia de Eduardo Cunha: julgamento da apelação contra a sentença de 15 anos e 4 meses.
• Realidade pobre e realidade rica nos presídios brasileiros.
• O medicamento que custa R$ 1,2 milhão por ano, para cada paciente do SUS.