Ir para o conteúdo principal

Edição (antecipada) de sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018.

Advogado leva cinco facadas durante assalto em Porto Alegre



Reprodução do Facebook

Imagem da Matéria

“Lula Azevedo”: internado em estado grave

O advogado e professor universitário (PUC-RS) Luis Antonio Schmitt de Azevedo (OAB-RS nº 6.995), conhecido entre colegas e amigos como “Lula Azevedo” está internado no Hospital de Pronto Socorro, em Porto Alegre. No sábado (9) quando saía de uma padaria, por volta das 20h., na esquina da Avenida Independência com a Rua Barros Cassal, ele foi assaltado por um marginal.  Da vítima levaram dinheiro, documentos e o telefone celular.

Como “Lula Azevedo” tivesse gritado, o assaltante deu meia-volta e atingiu o advogado com cinco estocadas no peito e costas. Empregados da padaria prestaram imediato socorro, colocando Azevedo num táxi que o levou ao Pronto Socorro. Ele ainda teve tempo de pedir para que ligassem à esposa, em casa, para informá-la.

Ao chegar ao HPS, ele desceu sozinho, caminhou alguns passos e, quase desfalecido, conseguiu chegar ao setor de emergência, onde foi atendido e logo operado. Ele está internado. O estado é grave, porém estável. Há necessidade da colaboração de doadores de sangue.

Lula Azevedo” tem grande prestígio na classe advocatícia, especialmente entre os militantes na Justiça do Trabalho. Em outubro de 2008 ele integrou a lista sêxtupla da OAB-RS para disputar uma vaga de desembargador do TRT-RS, reservada ao quinto constitucional.

Ontem (11) a Agetra e o Satergs emitiram nota de solidariedade, deplorando a insegurança em Porto Alegre.

Nota da Agetra e do Satergs
Abraços para “Lula Azevedo” e seus familiares

A violência está ao nosso lado, e nos acompanha no cotidiano. Assistimos diariamente na mídia, o desfile de cenas dignas do Inferno de Dante. Muitos de nós, infelizmente, passaram a encarar a violência desmedida, como parte integrante da vida, mas ela não é e não pode ser, é incompatível com o ato de viver.

No domingo esta violência se acercou de nós. A comunidade dos advogados trabalhistas gaúchos, está atônita e em choque, pois um companheiro foi atingido brutalmente. O advogado e professor universitário Luis Antonio Schmitt de Azevedo, o  “Lula Azevedo“, sofreu violento ataque durante um assalto, e sua saúde inspira sérios cuidados.
Nossa Porto Alegre está triste,  pois os jacarandás da Praça da Alfândega e o pôr do sol do Guaíba convivem com a miséria humana, que nos mostra sua face diariamente. A segurança pública não existe, a confiança na administração pública como um todo acabou, o desamor se alastra e a indiferença está instalada no nosso meio. Não podemos ficar indiferentes, não podemos ficar apáticos, não podemos ser vencidos pelo medo.

Nosso companheiro foi derrubado (esperamos que logo levante), mas sempre esteve em pé, com postura firme e elegante no trato com colegas, juízes, alunos e todos que o cercavam.

Profissional de estirpe, sempre honrou a profissão -, e neste momento oramos para que continue honrando por muitos anos ainda.

Encarecemos aos que puderem doar sangue que o façam, procurando o Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre.

Ao LULA e seus familiares, nosso  abraço e nossa irrestrita solidariedade”.

Porto Alegre,11 de dezembro de 2017.

Eduardo Caringi Raupp                            João Vicente Araújo
Presidente da SATERGS                           Presidente da AGETRA  


Comentários

Alessandra Paiva - Advogada 12.12.17 | 18:45:15
Há 2 anos, minha sobrinha de apenas 20 anos também foi assaltada e tomou 5 facadas na mesma região, sendo que 2 delas perfuraram o seu pulmão! Nossa cidade está à deriva! Infelizmente foi preciso que um nobre colega passasse por essa provação para que a OAB acordasse do sono profundo e daqui em diante passe a cobrar maior respeito à vida! Nosso colega vencerá essa luta assim como minha sobrinha venceu! Porém, quantos de nós ainda perderão suas vidas?
Sérgio Araújo - Aposentado 12.12.17 | 12:40:37
Solidarizo-me ao Dr. Luis Antonio e seus familiares nesta hora tão difícil e torço, sinceramente, para que ele vença a batalha que trava no leito hospitalar. Conheço o Dr. Luis Antonio há mais de 40 anos quando ele labutava com muito vigor e ética em demandas junto ao 7º Cartório Cível da comarca de Porto Alegre. Profissional da melhor estirpe!
Eliel Valesio Karkles - Advogado 12.12.17 | 10:59:06
Segurança Pública? O que é isso? Faz tempo que está em falta!
Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Gilmar Mendes agora em rota de choque contra a OAB

O ministro criticou a postura da Ordem como autora de uma ação que trata de calote oficial no Estado de Rondônia. O presidente Claudio Lamachia respondeu: “Já passou o tempo em que um cargo conferia a seu ocupante o poder de impor sua vontade aos demais cidadãos”.

Advogado deve pagar por serviços de “agenciador de clientes”

O TJRS condenou o notório Mauricio Dal Agnol ao pagamento de R$ 10 mil a um colaborador que conseguiu sete causas. Acórdão registra que “vedar o direito do autor à percepção dos valores devidos em virtude de serviços prestados é beneficiar o réu por sua própria torpeza”.

R$ 1,2 bilhão de honorários advocatícios

No acordo para indenizar cidadãos prejudicados pelas manipulações financeiras dos planos econômicos, bancos e poupadores concordaram com a cifra, para concluir a transação.