Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 14 de junho de 2019.

O direito de amar



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

Depois de quase quatro meses de confinamento na casa global, a vencedora do insuportável – mas famoso – Big Brother Brasil recebeu o cheque nominal com a grana pesada, foi ao banco, fez o depósito e – orientada por um sincero gerente – aplicou o montante “numa aplicação de fôlego, mas pouco risco”.

De sobremesa, também contratou seguro total para o Fiesta que, ali mesmo, adquiriu financiado, com juros de 1,99% ao mês.

Saindo do banco, a beldade deu o “aviso imediato” ao companheiro:

- Tu, agora, és o meu ex-bem. Eu tô famosa, boa grana na conta, não te amo mais e estou mudando de vida. Vou tentar a carreira artística.

E se foi a morar num hotel quatro estrelas, de cidade praiana carioca. Cinco dias depois, ela foi citada como ré numa “ação de dissolução de união estável, com partilha de bens”. Nela, o ex-marido sustentou o direito à metade do valor do prêmio – “ainda mais pelo período forçado de abstinência, enquanto a ré se refestelava generosamente perante as câmeras ocultas e outras nem tanto”.

Complementarmente, o ex-gostosão cumulou pedido de reparação por dano moral, por ter ela causado constrangimento “dando causa à infidelidade quando trocou beijos e carícias com outro integrante do programa, mesmo ela alardeando antes que tinha uma pessoa lá fora".

O juiz julgou antecipadamente e indeferiu “os despropositados pedidos masculinos”.

Conforme o julgado, não houve participação alguma do autor no “premiado florescimento da conta da ex-companheira” (...) “e ademais, o mero descumprimento do dever de fidelidade desacompanhado de ilícito de natureza civil não autoriza compensação pecuniária, pois a escolha de outra pessoa é imanente ao direito de amar".

Transitou em julgado. Na agência bancária da cidade praiana, conta-se – apesar do sigilo bancário - que o saldo da conta da ex-BBB continua encolhendo.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas

Charge de Gerson Kauer

“Senhores e senhoras, levantem-se!”

 

“Senhores e senhoras, levantem-se!”

Era o primeiro dia de audiências do novel juiz na comarca. Os advogados e as partes foram entrando na sala, sendo surpreendidos por chamativo aviso: “Em estrito respeito ao Juízo, todos deverão levantar-se no momento que o MM. Juiz adentrar a sala de audiências”. A severa escrivã também fazia a sua parte. Os advogados locais reagiram.

Charge de Gerson Kauer

Aparências enganam!

 

Aparências enganam!

Porta da frente, ou porta dos fundos? Dois dias depois das bodas, a surpresa: na comarca de entrância intermediária, Carlyson ajuizou ação de anulação do casamento contra a jovem esposa Jenifer. Ninguém imaginava o motivo. O experiente juiz logo entendeu tratar-se de “erro essencial quanto à pessoa”. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.

Gerson Kauer - Divulgação

A loteria da cantada

 

A loteria da cantada

Na casa lotérica, a novel operadora de caixa, percebeu já nos primeiros dias de trabalho, que um dos donos do estabelecimento, insinuava-se com furtivos olhares. Sem demora, vieram furtivos toques de mão. E tudo desbordou em uma ação por dano moral decorrente de “intolerável assédio sexual com requintes de tentativa de indução à prostituição”.  

Charge de Gerson Kauer

A jurisdição terceirizada

 

A jurisdição terceirizada

A proposta instigante de um conselheiro de uma das seccionais estaduais da OAB: comprovar, judicialmente, que a jurisdição é prestada basicamente por assessores e estagiários. É hora de fazer de conta que tudo é ficção.

Charge de Gerson Kauer

O Advogado Fura-Colchão

 

O Advogado Fura-Colchão

Doutor Arencéfalo é o apelido de um advogado muito conceituado. O cognome é uma conjunção de ´Arbelino´, nome do pai dele e ´Encéfalo´, parte do corpo humano que controla o organismo. De repente, a surpresa na comarca: a elegante esposa pede o divórcio. O texto é do advogado Carlos Alberto Bencke.

Charge de Gerson Kauer

As duas Têmis

 

As duas Têmis

No curso preparatório a concursos para ingresso na magistratura, um dos professores resolve aferir os conhecimentos gerais e a capacidade redacional dos alunos. Então entrega a cada um uma folha de papel A-4. Pede-lhes que ”escrevam de 20 a 30 linhas sobre Têmis”. Um dos discípulos sustenta e comprova a existência de uma divindade grega e de uma personagem terrena que não gostava de processos.