Ir para o conteúdo principal

Edição de sexta-feira , 24 de maio de 2019.

Avião retorna ao aeroporto porque mãe esqueceu o filho bebê no setor de embarque



Wikimapia – “Gulf News”

Imagem da Matéria

Um aviso do comandante surpreendeu os passageiros de um voo que seguia de Jeddah, na Arábia Saudita, a Kuala Lumpur, na Malásia, no último domingo (10): “Nossa aeronave precisará voltar ao aeroporto de embarque porque uma mãe esqueceu seu bebê na área de embarque”.

A tripulação que estava no voo SV-832, da Arabia Saudian Airlines, foi informada - pela própria passageira em pânico, três minutos após a decolagem – que, “por distração e estresse”, seu filho de seis meses tinha ficado na área de embarque no terminal do Aeroporto Internacional King Abdul Aziz.

As primeiras informações foram do saite local "Gulf News". Trata-se de um jornal de periodicidade diária em inglês, publicado a partir de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Fundado em 1978 tem uma média 115 mil leitores diários.

Nas redes sociais, em seguida viralizou um áudio em que é possível ouvir o piloto conversando com operadores do tráfego aéreo.

"Que Deus esteja conosco. Podemos voltar?" - perguntou o piloto ao controlador. Este é ouvido, em seguida, questionando um colega de chefia sobre o protocolo numa situação como aquela. “Esse tipo de manobra é permitido em ocasiões de emergência” – responde a voz do supervisor.

Surpreso com o ocorrido, o controlador-chefe das operações da torre solicita que o piloto “confirme formalmente o motivo”.

"Nós dissemos a você que uma passageira deixou seu bebê de seis meses dormindo, num carrinho no terminal e pede em pânico que nós retornemos” – relatou o comandante mais uma vez.

Pouso normal e nova decolagem

Cerca de 15 minutos depois, a aeronave da Arabian Saudine pousou normalmente, a mãe desceu e foi ao encontro da criança que já estava sendo cuidada por assistentes sociais. Fotografias e filmagens foram proibidas.

Uma hora depois – cumpridas diligências protocolares - o avião voltou a decolar, já com a mãe e o menino a bordo. A gerência do aeroporto liberou, apenas, uma foto da aeronave preparando-se para a segunda decolagem de Jeddah rumo a Kuala Lampur.

Não há mais notícias de intervenção policial, nem de comunicação do fato às autoridades judiciais das duas cidades.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser comentar ou esclarecer alguma notícia, disponha deste espaço.
Sua manifestação será veiculada em nossa próxima edição.

Comentários

Banner publicitário

Notícias Relacionadas