Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre (RS), terça-feira,
31 de março de 2020.
https://marcoadvogado.com.br/images/fechamento.jpg

Reviravolta no caso do político José Otávio com a transexual Emily



Foto: Assembleia Legislativa do RS / Divulgação

Imagem da Matéria

Um novo desdobramento do caso da ação de cobrança por serviços prestados de acompanhante, ajuizada pela transexual Emilly D´Avila Silveira, contra o ex-deputado federal José Otávio Germano (PP).

Após ter sido proferida sentença que reconheceu os fatos afirmados pela autora – face ao não comparecimento do réu na audiência inicial e à posterior decretação de sua revelia, ocorreu o trânsito em julgado. Foi, então, instaurada a fase de cumprimento de sentença. Nela a autora Emily busca o recebimento de R$ 13.568,79. Nesta cifra estão incluídos os honorários sucumbenciais do advogado Jorge Theodomiro Martins Moreira Filho (OAB-RS nº 62.226), com escritório em Canoas (RS).

Em novo desdobramento, José Otávio Germano – agora então representado pelo advogado Amilton Santos de Lima (OAB-RS nº 56.017), da banca Stamm & Lima, com escritório em Santa Maria (RS), está suscitando não ser dele a assinatura da carta de citação inicial entregue pelos Correios – mas sim, possivelmente, do porteiro do prédio (Avenida Palmeira, em Porto Alegre), onde o deputado residia na ocasião.

A petição de impugnação ao cumprimento de sentença está acompanhada de atestado médico datado de 27 de agosto de 2019, firmado pelo médico Luiz Antonio Saint Pastous Godoy, diretor da Clínica São José. No documento está afirmado que Germano foi internado na data de 17 de agosto de 2019 e ali permanecia recolhido – sem possibilidade de locomoção - por ocasião da audiência inaugural.

A petição de Germano – que não se reelegeu nas eleições para a Câmara Federal em outubro de 2018 - requer a concessão de tutela de urgência para agregar efeito suspensivo à execução, “até os ulteriores termos da presente impugnação”. Busca também “a declaração de nulidade insanável e absoluta com o reconhecimento do vício de citação”.

Os autos encontram-se, agora, com o juiz Mauro Borba, para decisão (Proc. nº 905458957.2019.8.21.0001).


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Consulados dos EUA cancelam entrevistas para visto

· Prova da segunda fase do exame da Ordem é adiada para 31 de maio.

· Futebol organizado pela CBF: 2.636 jogos em 2020.

· Juíza do RJ manda recolher livros escritos sob o pseudônimo de Eduardo Cunha

Montagem EV sobre imagem de material publicitário do filme Bacurau - Foto: Edison Vara/Agência Pressphoto

STF recebe queixa-crime ajuizada por Glória Pires, Letícia Sabatella, Wagner Moura, Orlando Morais e Sônia Braga

 

STF recebe queixa-crime ajuizada por Glória Pires, Letícia Sabatella, Wagner Moura, Orlando Morais e Sônia Braga

 A reação dos cinco artistas contra o então deputado Wladimir Costa (SD-PA) por terem sido chamados de “bandidos e ladrões!”.

 Validade da impressão digital ao celebrar testamento particular.

 Cartórios flagram 37 mil operações financeiras suspeitas.