Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de abril de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 20).

As Noivas de Copacabana



Imagem: Divulgação - Edição EV

Imagem da Matéria

  • Páginas de ficção

Ambientada em 1989, no Rio de Janeiro, a ficção teve como protagonista um assassino em série, Donato Menezes, obcecado por mulheres vestidas de noiva. Morador de Copacabana, no Rio, ele leva uma vida acima de qualquer suspeita. É conceituado restaurador de obras de arte e noivo da linda psicóloga Cinara. Os dois não se relacionam sexualmente, devido à impotência dele.

Donato mata seguindo um meticuloso ritual: seduz as mulheres e as estrangula em pleno ato sexual . Elas estão vestidas - total ou parcialmente - de noivas. Só assim ele alcança o orgasmo. O envolvimento dele com as visadas começa a partir de anúncios de vestidos de noivas colocados, por elas, em jornais. Ele entra em contato com as anunciantes, cria um ambiente romântico, e as envolve em um criminoso jogo de sedução.

A sucessão de quatro assassinatos começa com Donato e Maryrose passeando em uma praia deserta, à noite. O clima romântico prossegue até o momento em que, a pedido dele, ela coloca o vestido de noiva - e, em meio ao ato de amor, é estrangulada. As vítimas, na sequência de semelhantes momentos são Marilene, professora; Kátia, socialite carioca; e Fátima, filha de um pregador evangélico.

O detetive França, incumbido de desvendar os crimes, segue pistas que possam levar a um serial killer. O investigador - com o casamento em crise - passa a se relacionar com a hippie Leiloca, vendedora de artesanato - e ela concorda em ser usada como isca para atrair o assassino. Assim, anuncia em jornal a venda de um vestido de noiva e espera Donato aparecer. A armadilha tem sucesso, o criminoso é preso e levado a julgamento. Mas, por falta de provas, é absolvido.

E, enfim, Donato tem uma noite de amor com Cinara e a pede em casamento. Há novos rolos, surgem outras provas e Donato volta a ser preso, sendo recolhido em manicômio judiciário.

No dia em que - quase um ano depois da internação dele -  Cinara tenta visitar Donato, então é informada que ele fugira na véspera. As cenas finais da ficção mostram o psicopata vasculhando anúncios de jornais e, em seguida, voltando a  apresentar-se como interessado em comprar vestidos de noiva... É o recomeço.

  • Páginas reais

Efetivamente iniciada em 2019 e finalizada em 2020, a realidade é que Patrícia Pillar - que viveu a personagem Cinara na  minissérie As Noivas de Copacabana - ganhou uma ação indenizatória na Justiça do Rio de Janeiro contra o cantor Raul Veiga, artista também carioca atuante em espetáculos musicais.

É que, no ano passado, Veiga publicou no Twitter uma foto da atriz Patrícia Pillar com os seios de fora, retirada dos arquivos da aludida minissérie. A fotografia visava chamar a atenção à dura crítica que Veiga postou contra Patrícia, que questionava a atuação do ministro Sergio Moro, então no auge da popularidade.

Na semana passada, o juiz Leonardo Barroso, da 37ª Vara Cível do Rio de Janeiro, reconheceu que houve dano moral - mesmo que as cenas de nudez de 30 anos atrás ainda estejam disponíveis na internet. Assim, Veiga foi condenado a pagar uma indenização de R$ 10 mil, que Patrícia Pillar doará à ONG Mães da Favela.

Entrementes, depois de sua saída da Globo, Miguel Falabella, 63 anos - que interpretou o assassino Donato - passou a integrar a bancada de jurados do programa Talentos, que estreou no dia 8 de agosto, na TV Cultura. E Patrícia está com 56 de idade.

É vida que segue.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Notícias Relacionadas

Crenças machistas validam a violência sexual

 

Crenças machistas validam a violência sexual

Um estupro mais violento às vezes, ou pequenos abusos no dia a dia, dentro do transporte público, as piadinhas absurdas, aquele tio que se aproveita para passar a mão na hora de um abraço. O abuso sexual é um fantasma na vida de todas nós” - diz a apresentadora do Bom Dia, Brasil.

Imagem: Google - Edição Gerson Kauer

Mudança de profissão

 

Mudança de profissão

A surpresa de um dos advogados de conceituada banca advocatícia. No horário agendado para “uma consulta sobre causa de família”, apresenta-se uma jovem mulher. Ela quer vender números de uma rifa. São 100 concorrentes por mês. Só oito ganham...