Ir para o conteúdo principal

Edição Extra, interrompendo, em 11.1.2020, as férias da Equipe Espaço Vital
https://marcoadvogado.com.br/images/jus_azul_7.jpg

A sabedoria do vice-presidente gremista



Arte EV sobre imagem: Lucas Uebel - Grêmio GBPA (Divulgação)

Imagem da Matéria

Em jogo a questão da “lapidação”. No Grêmio, há um filtro, um “lapidômetro”, pelo qual é proibido que jovens antes dos 18 (por aí) ganhem chance no time de cima. O caso Tetê é emblemático. Está brilhando na Europa. Vai ser vendido pelo dobro do valor do Arthur. E vários outros. Isso é velho. Alcindo e João Severiano começaram sofrendo com isso.

Há uma implicância com jovens no Grêmio. Agora, por exemplo, a “rádio-corredor” gremista tem como certa a notícia de que Jean Pierre não está lesionado. É que... Renato não gosta dele.

Se eu fosse o procurador do Ferreirinha, colocaria o Grêmio na justiça por dano moral. Desde que retornou, ele jogou na média 16 minutos por partida. Domingo, quando fez o gol contra o Athlético, jogou mais 16 minutos.

Notícia quente: o Grêmio vai denunciar o Santos F.C. no Juizado da Criança e do Adolescente por ter colocado em campo um menino de 15 anos (Pelé). Descumpriram o precedente vigente no Sul do Brasil, pelo qual só pode entrar em campo depois dos 21 anos. Santos está dando mau exemplo. E deve ser punido...

No mais, mais sorte gremista que juízo contra o Athlético. Um titular. E que marcou gol. Os outros folgaram. No Grêmio o lema é “A folga enobrece o espírito”. Mesmo que o próximo jogo seja só na quinta, ainda assim, poupou. Todo o time. Tem jogador que não conhece o Nordeste. O contrato é só para jogos até o Rio de Janeiro.

Vamos em frente. Contando com a estrela de Renato, como diz Ilgo Wink, o especialista em “renatologia” (ou seria “renatolatria”?) Ilgo Wink. Na hora H, a estrela salva, diz ele. Bom, isso nem sempre funciona, circunstância que pode ser agravada pelo “fator bruxismo” (Bressan e tantos outros).

Robinho é um exemplo disso. Está jogando para completar cota para renovação, quase como a repetir o caso Thiago Neves.

Esperamos que tudo dê certo. Em pelo menos uma das pontas. O que quero dizer, fazendo coro com milhões de gremistas, é que existem times que não poupam - como o Flamengo. Onde, aliás, as recuperações de jogadores no DM são mais rápidas. E onde não há casos de birra (que não é cerveja) com jogadores como Jean Pierre. Se ele é marrento e quejandos, por qual razão não trocaram com alguém do Palmeiras? Vamos queimar um ativo do Clube?

No mais, temos o Juventude pela frente. Vem aí um novo contratado que pode estrear. E seria bom dar mais chances para gente como Ferreirinha.

Ânimo! Otimismo, mesmo que o vice-presidente Claudio Oderich diga que o mais importante é passar o ano de 2020 incólume financeiramente e que o ano de 2021 será o ano de buscar títulos. Temos de contratar um coaching que anime parte da diretoria. O pessimismo pode pegar.

Ainda bem que a torcida é bem mais esperançosa. Com três competições, quer pelo menos uma taça. Se fosse por questão financeira, o Inter estaria lascado. E está na liderança do Brasileirão. Mas, enfim...

Nem vou falar da IVI – Imprensa Vermelha Isenta. Vou poupar a IVI. Afinal, poupar está na moda...!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor