Ir para o conteúdo principal

Edição de quinta, 4 de agosto de 2022.
(Próxima edição: terça dia 09.)
https://marcoadvogado.com.br/images/eu_nao_invento_3.jpg

O Brasil e seus problemas... e o Senado celebrando os discos voadores



Imagem da Matéria

Imagem www.prefeitura.sp.gov.br

  • ´Históricos´ discos voadores...

O Brasil está cheio de problemas, mas o Senado gastou várias horas, na sexta passada (24), para tratar de discos voadores. É que “quase um terço dos brasileiros acredita em extraterrestres e OVNIs”. Tal segundo uma pesquisa de opinião (2 mil entrevistados) - realizada pelo Instituto Data Veritas - esmiuçada no Congresso, que promoveu sessão especial para celebrar os 75 anos do "Dia Mundial dos Discos Voadores".

Pela tabulação, 32,6% creem na existência de ETs; 67,4% não. Entre os crentes, a maior incidência está na faixa de 16/24 anos, com 45,9% de defensores da vida extraterrestre. Mais: pessoas com ensino superior e com renda acima de 10 salários mínimos são as que “mais confiam na existência desses seres”. No segmento da religião, mais da metade de ateus e agnósticos creem em extraterrestres e discos voadores.

Ao apresentar os dados no Senado, o empresário e ex-deputado Wilson Picler garantiu que "o ateu acredita mais em ETs do que em Deus". Emocionado, Picler chegou a chorar em seu discurso.

A sessão especial foi aprovada após requerimento do senador Eduardo Girão (Podemos-CE). Para ele, “o Brasil é a primeira nação a admitir oficialmente que os OVNIs existem e têm procedência extraterrestre”. Ao abrir o evento, Girão classificou a sessão como "histórica".

  • Inadimplência recordista

A inadimplência bateu novo recorde no país: em abril, 66.132.670 brasileiros estavam com o nome no vermelho, o maior número da série histórica da Serasa Experian, iniciada em 2016.

Desde o início deste ano, mais de 2 milhões de brasileiros se tornaram inadimplentes. Ao todo, eram R$ 271,6 bilhões em dívidas entre os inadimplentes. A média das dívidas é de R$ 3.518,84. Quatro em cada 10 brasileiros adultos (38,45%) estão negativados – o equivalente a 61,94 milhões de pessoas.

Os números de maio ainda não estão disponíveis.

  • A economia da carona

Viajar por meio de carona compartilhada - por intermédio de aplicativos, com o rateio dos custos da viagem - está prestes a ganhar um marco legal no Brasil. O projeto de lei que regulariza as caronas será votado nesta semana na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, em caráter conclusivo, ou seja, sem necessidade de passar pelo plenário da casa.

A lei vem amparar a atividade que é intermediada por aplicativos, como a BlaBlaCar, Waze Carpool, entre outros. Ao reunir pessoas que vão na mesma direção, os usuários compartilham os custos de combustível e pedágio.

Pesquisas mostram como a adesão de brasileiros à modalidade vem crescendo. Em maio deste ano, foram 1,7 milhão de assentos oferecidos, 100 mil a mais que o recorde anterior, em abril.

  • Identidade “autopercebida”

A mudança de nome e gênero nos documentos passou a ser possível sem a necessidade de ação judicial. Qualquer pessoa com mais de 18 anos pode requerer ao cartório de registro civil de origem “a adequação de sua certidão de nascimento ou casamento à identidade autopercebida”.

O Provimento nº 73/2018 do Conselho Nacional de Justiça, todavia, restringe a alteração somente ao prenome e agnome, como Filho, Sobrinho ou Júnior. Não podem ser alterados os nomes de família, nem o novo nome pode coincidir com o prenome de outro membro da família.

Se o pedido for feito em cartório diferente daquele em que foi inicialmente registrado, ele será remetido entre cartórios para averbação pela Central de Informações de Registro Civil.

Entre os documentos indispensáveis estão a certidão de nascimento, cópia do RG, CPF; cópia do título de eleitor e comprovante de endereço. Laudos médicos ou psicológicos que atestem a transexualidade podem ser acrescentados, mas não são obrigatórios.


Mais artigos do autor

 

As mais recentes notícias difundidas pela radiocorredor advocatícia poderiam ser manchetes...

YouTube - reprodução

As mais recentes notícias difundidas pela radiocorredor advocatícia poderiam ser manchetes...

  • A Uber está sendo processada por 550 mulheres. Elas dizem ter sido assediadas.
  • Teremos deflação em julho?
  • Uma frase do novo livro de Emilio Odebrecht sobre Lula: “Ele jamais pediu ou tratou comigo de qualquer assunto de interesse pessoal ou privado".
  • Bacharel em Direito que sofre de paquioníquia congênita poderá participar de concurso para ingresso na magistratura.
  • As histórias implausíveis da pastora Flordelis.

 

OAB pede regra imediata contra a lavagem com criptomoedas

Visual Hunt

OAB pede regra imediata contra a lavagem com criptomoedas

  • Em apenas um ano, uma movimentação de R$ 120 bilhões em criptomoedas no Brasil. Corresponde a 5% do volume mundial.
  • Cuidado com o medicamento Inmunoglobulina G Endovenosa.
  • Quanto já gastaram os deputados federais em 2022...
  • As passagens aéreas e os pepinos têm os mais altos índices de aumento de preços.
  • Uma ação penal por causa de 11 barras de chocolate.

 

Qual a cifra final da ação trabalhista contra o empresário?

Arte EV

Qual a cifra final da ação trabalhista contra o empresário?

  • Ação em Gramado, que já tem quase oito anos de tramitação, está em fase de cálculos. Perito apurou R$ 177 mil. Defesa do reclamado aponta R$ 77 mil.
  • Os homens estão mais dispostos a consumir do que as mulheres.
  • Pena de 18 anos contra pastor condenado por ódio contra os judeus.
  • Isonomia para aprendizes que atuam em bancos. Eles têm direito ao piso salarial da categoria.
  • Uma ação da modelo Yasmin Brunet contra a Hope S.A.